Benefícios da água de coco: tudo o que você precisa saber

Benefícios da água de coco

Água de coco, alimento orgânico e saudável

A água de coco é a bebida obtida da parte líquida do fruto do coqueiro. A forma mais comum de se tomar água de coco é dentro do próprio fruto, muitas vezes a beira mar. Outra forma de consumir a água é a obtida por meio de processo tecnológico.

Tecnicamente falando a composição química da água de coco corresponde a aproximadamente 25% do peso do fruto, sua composição básica apresenta 93% de água, 5% de açúcares, além de proteínas, vitaminas e sais minerais, sendo uma bebida leve, refrescante e pouco calórica, apresentando em média 20 calorias/100 mL.

(Fonte: Jornal Semina: ciências agrárias).

Importante

A água de coco tem o potássio como um nutriente muito importante que mantém em equilíbrio a quantidade de sal e água eliminados pelos rins. O potássio é o terceiro mineral mais abundante no corpo humano e está contido na água de coco. Ele é responsável pelo fortalecimento da saúde muscular, óssea, nervosa e circulatória.

Por que é bom tomar água de coco?

Não importa se é para o atletismo ou para se refrescar. Fazer sempre a hidratação seja de caráter recreativo ou competitivo, garante desempenho e saúde.

Mas quando e quanto de água de coco deve-se tomar por dia?

As recomendações dependerão do tipo de atividade e de fatores individuais, como condicionamento físico, idade, modalidade praticada, estresse ambiental, entre outros. Se há atividade, o organismo produz calor e, com isso, há perda de água pelo suor.

Para prevenir a desidratação é necessário repor líquido rapidamente. Sendo assim, a água de coco representa um produto ideal, por ter grande quantidade de potássio e glicose em sua composição, além de ser uma bebida natural, com aroma e sabor suaves que pode ser consumida por todas as idades.

Características funcionais atribuídas à água de coco:

  • A água de coco é usada como substituto da água;
  • Reidrata e repõe eletrólitos no corpo humano, sendo os principais: sódio, potássio, cálcio, magnésio, cloreto, fosfato do Hidrogênio, carbonato de hidrogênio;
  • A composição química da água de coco se próxima à do soro glicosado isotônico, empregado, especialmente em hospitais;
  • Suficientemente adocicada, não causa náusea, não apresenta sensação de abundância ou desordem no estômago, além de ser facilmente consumida em grande quantidade;
  • A ingestão da água de coco ajuda a reidratação após o exercício físico, possui efeito benéfico e significante ao coração, pois previne o enfarte do miocárdio;
  • Auxilia a reduzir a pressão arterial e colesterol;
  • A água de coco é usada como um diurético;
  • Fundamental nas dietas, pois auxilia na perda de peso;
  • A água de coco também apresenta propriedades antioxidantes, devido à presença da vitamina C em sua composição;
  • Deixa sempre o organismo limpo, pois desintoxica o fígado e o intestino, e deixa a pele sempre saudável.

Aproveita-se tudo do coco

Quando se observa aquela imagem maravilhosa de extensos coqueirais ou no litoral, quando se vê fileiras dessa árvore enfeitando a orla marítima, não imagina que a planta oferece incríveis possibilidades de uso, ou seja, tudo nela é aproveitado, por exemplo:

  • Fibra do coco para jardinagem, como a fabricação de xaxim;
  • Na cobertura para proteção do solo e substrato para a agricultura;
  • A fibra do coco, por ser ecologicamente correta, é fonte renovável, biodegradável e de alta resistência e rigidez;
  • Criação de peças de artesanato e objetos decorativos com a casca do coco e a fibra, como cuias, botões forrados, luminárias etc.;
  • Aproveita-se a casca de coco na produção de colchões, palmilhas e fibras vegetais;
  • Briquetes, fonte alternativa de energia.

Para onde vai o coco?

Depois da coleta, o coco é distribuído para se transformar em matéria-prima agropecuária, sobretudo, a que produz os derivados do fruto, como coco ralado e leite de coco. Em seguida, é feita a transferência do produto às indústrias que produzem iogurtes, sorvetes, biscoitos etc. Há também outra parte de repasse que tem como finalidade à indústria que engarrafam água de coco verde.

Percebe-se, dessa maneira, quão grande é a importância da produção de água de coco, devido, principalmente, às suas inúmeras propriedades funcional.

Por tudo isso, há no desenvolvimento de técnicas de industrialização um vasto rigor para que se mantenham todas as características nutricionais e sabor da bebida. Ainda que esse aproveitamento seja inerente à produção, é interessante também que o produto seja garantido no mercado assim como os já muito conhecidos: o leite de coco, o coco ralado e a copra que é a amêndoa de coco. A copra tem grande valor pelo óleo que contém.

Depois que a copra é secada ao sol, o óleo é extraído, o que sobra é usado tal como as sementes de algodão após a extração do óleo, como forragem e adubo. Cerca de 50 a 65% do peso da copra correspondem ao seu óleo.

Pequena nota sobre a história do coco

Proveniente do Cabo Verde, o fruto foi trazido pelos portugueses em 1553. O termo coco foi desenvolvido pelos lusitanos no território asiático de Malabar, na viagem de Vasco da Gama à Índia (14971498). Na ocasião, os escravos já conheciam a forma de aproveitar o leite de coco e já preparavam pratos com o fruto. Aqui o plantio iniciou-se na Bahia. Tempos depois, o cultivo espalhou-se pelo litoral nordestino e hoje a cultura chega a, praticamente, quase todos os estados brasileiros.

Conhecendo seu valor nutricional o mercado investe e explora tanto o seu consumo in natura, que está em franca expansão pelo Brasil como em caixinhas. Além do mais, o coco é um produto tipicamente associado ao litoral do Nordeste. Seu consumo ocorre o ano todo, mas no verão ele se expande por todas as regiões do país.

Anteriormente não existia uma produção de coco realmente estruturada no país, uma vez que era cultivado pequenas quantidades. Somente há poucas décadas o cultivo da planta organizou-se. Atualmente, a agricultura configurou uma nova geografia da produção brasileira de coco, por meio dessa atividade a matéria-prima se destacou, especialmente, no modelo da agricultura de mercado e da agricultura científica.

Isso se deve ao fato de que hoje o coco é o fruto da moda pelo extraordinário aumento no consumo da sua água. É também um dos principais símbolos nacionais, sinônimo da tropicalidade que caracteriza o país mundo afora.

Curiosidades:

  • Em algumas partes do mundo, macacos treinados são usados na colheita do coco. Escolas de treinamentos para macacos ainda existem no sul da Tailândia. Todos os anos são realizadas competições para identificar o mais rápido colhedor.
  • Sabe-se que o coco é a sexta fruta mais cultivada no mundo.
  • A água de coco começa a se formar mais ou menos um mês e meio após a polinização da flor feminina.

Gostou? Leia nossos outros artigos:

Vida Saudável: conheça os benefícios do coco

2 razões para incluir a água de coco na dieta agora

One thought on “Benefícios da água de coco: tudo o que você precisa saber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *